' De um forma ou de outra, tudo o que aconteceu até hoje tem um sentido. E nessas idas e vindas da vida, os nossos caminhos se cruzaram. E agora andamos juntos, em uma estrada feita para nós. ' <3


❝ Era outro ano, outra estação, outras pessoas, outros ventos e outros olhares, mas no meu coração ainda era você…


❝ Fico besta com quem perde a compostura por não gostar de algo ou alguém: tão mais simples desconectar. Não ouça, não leia, não prestigie. Dê atenção ao que tem sintonia com você. E toque sua vida, sem agredir. ❝ :]


' Gosto de quem presta atenção em mim. De quem procura novidade mesmo me conhecendo do avesso. De quem não desiste de me descobrir. De quem não se cansa da rotina. De quem se entrega. Sempre.


❝ Quando tudo permanecer igual, desconfie. Há algo de errado. O que não muda, não transcende, não se transforma, não existe. Prefira o pouco ou o muito. Mas nunca o mais ou menos. Nunca o igual. “

— Aghata Paredes.


Querido Deus, a fã que está lendo esse post merece abraçar o seu ídolo!


Mas acontece que n-a-d-a é capaz de tirar você de mim. E menos ainda me tirar de você. Nem mesmo o tempo. Seremos um do outro, teremos um ao outro, não importando em qual circunstâncias nos encontramos… Seremos sempre assim: infinitos.


“Encosta tua vida na minha, mas aperta bem, porque eu quero fazer um laço bem bonito em volta de nós dois, assim você não solta de mim, e nem eu de você. Assim você fica bem grudadinho em mim, e eu posso, enfim, ser só de você…”
~ Giulia Mainardi. (via quesejadoce-sempre)

“É que eu não posso te falar, moreno. Sei que você não está entendendo. Mas eu realmente não posso. Não posso te deixar saber que eu amo quando você me chama de princesa; que adoro o modo como você me tira o cabelo do rosto e me olha nos olhos, me deixando vermelha; não posso te deixar sonhar que releio as suas mensagens umas 50 vezes e que eu sinto um aperto tremendo no peito quando a gente briga e no meio da discussão um dos dois cogita o fim; não posso deixar que você descubra que depois que você me deixa em casa fico sentada na cama lembrando de tudo, olhando para o visor do celular e torcendo por uma mensagem dizendo que já sente a mesma saudade que eu; não posso permitir que você tome conhecimento do tamanho do meu sentimento por você. E por que não? Porque se não você se acomoda, moreno. Acha que nesse peito aqui vai ter sempre amor para você e vai passear por outros jardins para ver senão encontra uma diversão qualquer. Se eu te der a certeza de tudo isso, você acaba me perdendo. Pode escrever.”
~ Gabriela Furtado. (via p-l-e-n-i-t-u-d-e)